PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DO EGRESSO - PAE

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DO EGRESSO - PAE

 

  1. APRESENTAÇÃO

 

A Faculdade Santa Rita de Cássia, mantém a Política de Acompanhamento de Egressos - PAE  que se constitui como um dos mecanismos para promover a contínua melhoria do processo ensino-aprendizagem e a sua aproximação com a realidade do mercado de trabalho. Como afirma Pena (1999), o acompanhamento do egresso é um diagnóstico que permite modificações relevantes no processo de ensino de uma IES.

Esse contato e acompanhamento dos profissionais egressos torna-se um instrumento de gestão do curso na medida em que se abre um canal de comunicação que, entre outras coisas, propiciará o debate sobre os conhecimentos, as habilidades e competências construídas pelo profissional e as necessidades do mercado de trabalho, além de incentivar a formação continuada, essencial a todas as profissões.

Observando a necessidade de acompanhamento de seus egressos, a IFASC elaborou um canal de comunicação específico com os seus alunos formado pela IES. O programa de Acompanhamento de Egresso – PAE é uma metodologia de pesquisa e avaliação que surge com a finalidade de facilitar a troca de informações e a integração da instituição com os ex-alunos e consequentemente com a sociedade.

O programa visa construir um panorama acerca dos egressos, sua inserção no mercado de trabalho e a contribuição da IES para a sociedade. O que consequentemente permitirá à IFASC saber onde estão seus ex alunos, o que estão fazendo e qual sua contribuição social a partir do curso que escolheu estudar na IES e qual a quantidade e a qualidade desta contribuição para o desenvolvimento sócio econômico, humano e cultural do Estado de Goiás  e quiçá de outras regiões do país.

Assim sendo, o Programa de Acompanhamento de Egressos tem a pretensão de constituir-se numa fonte de dados e informações para a auto avaliação permanente da Faculdade Santa Rita de Cássia, o que proporcionará a IES a avaliação da qualidade dos serviços educacionais prestados á sociedade e a adequação das matrizes curriculares ofertadas às demandas econômicas e sociais.

 

  1. JUSTIFICATIVA

 

Uma atuação mais segura por parte das instituições de ensino superior deve ser fundamentada no conhecimento do processo que envolve o acesso à instituição, o desenvolvimento das matrizes curriculares e a trajetória dos egressos na sociedade e no mercado de trabalho.

A caracterização do perfil socioeconômico dos candidatos, o acompanhamento dos alunos selecionados desde o momento da sua entrada na instituição até a sua inserção no mercado de trabalho, além da observação do desenvolvimento acadêmico ao longo do curso – pode proporcionar á instituição detectar os aspectos que deverão ser aperfeiçoados nos processos de acesso, a adequação constante das matrizes curriculares ás dinâmicas tecnológicas, a incorporação de demandas da sociedade através de instrumentos previstos nas matrizes do curso tais como estágios, pesquisas, extensão.

O acompanhamento dos egressos de uma IES deve trazer no seu bojo a avaliação das condições de trabalho e de renda dos profissionais, o seu campo de atuação profissional, a avaliação que ele faz da instituição e do seu curso na condição de egresso e quais são suas intenções quanto à formação continuada.

Portanto, o Programa de Acompanhamento de Egressos constitui-se em uma ferramenta e uma fonte de dados e informações para a auto avaliação da IFASC.

Atualmente no Brasil a sociedade espera das instituições de nível superior benefícios sociais e culturais. Dentre as finalidades da faculdade uma delas é inserir na sociedade pessoas diplomadas nas várias áreas de conhecimento e que estejam aptas para o exercício profissional. Em consequência disso, deve ter ela retorno quanto à qualidade destes profissionais que vem formando, especialmente no diz respeito à qualificação para o trabalho (MICHELAN, HARGER EHRHARDT, MORÈ, 2009).

O Projeto de Programa de Acompanhamento de Egressos busca evidenciar a temática para além da avaliação e da caracterização de egressos, explorando a real contribuição da IFASC na melhoria de vida do ex aluno e consequentemente do meio onde ele vive.

Como motivos para o lançamento de um programa dessa natureza elenca-se as seguintes justificativas:

  1. Obter uma nova face de avaliação da IES, sob a visão de quem já se formou e está no mercado de trabalho;
  2. Identificar o perfil social e a trajetória profissional dos egressos;
  3. Elucidar fatores que facilitam ou dificultam o ingresso no mercado de trabalho;
  4. Identificar as competências exigidas pelo mercado de trabalho;
  5. Adequar os currículos dos cursos e Projeto Político – Pedagógico da IES às necessidades dos alunos, do mercado de trabalho e da sociedade;
  6. Reforçar o compromisso de excelências em uma formação de nível superior de qualidade.

3.0- OBJETIVOS

GERAL

O PAE tem como objetivo geral promover o acompanhamento do profissional egresso da IFASC favorecendo uma melhor comunicação de forma a promover melhorias no processo ensino aprendizagem, propiciar a formação continuada e, ainda, aproximar o conhecimento acadêmico da prática profissional.

 

ESPECÍFICOS

 

  • identificar o perfil do profissional egresso da IFASC, criando cadastro e mantendo banco de dados atualizado para melhor comunicação;
  • manter dados e informações atualizadas sobre a inserção profissional dos egressos ou continuidade na vida acadêmica.
  • favorecer a comunicação entre a IFASC e o egresso bem como o levantamento das necessidades mercadológicas para implementação de novos cursos e programas de formação continuada;
  • promover a avaliação contínua dos cursos de graduação;
  • avaliar as habilidades e competências propostas nos projetos pedagógicos dos cursos e identificá-las na práxis do egresso;
  • identificar os elementos limitadores do acesso dos egressos ao mercado de trabalho, buscando ferramentas para amenizá-los;
  • avaliar a importância do Estágio Curricular no processo de inserção de alunos e profissionais egressos no mercado de trabalho, bem como investigar quais setores econômicos que estão absorvendo mais efetivamente os profissionais formados na IFASC;
  • avaliar o nível de satisfação do profissional egresso a cerca da formação recebida, assim como a coerência entre sua formação e as demandas do mercado de trabalho;
  • promover encontros, curso de extensão e palestras direcionadas a ex-alunos como forma de socialização de suas realidades profissionais;
  • identificar o índice de satisfação dos profissionais formados pela Instituição, o grau de compatibilidade entre a sua formação e as demandas a sociedade e do mundo do trabalho e ainda as suas expectativas quanto à formação profissional e tecnológica continuada.

 

4.0- METODOLOGIA

 

4.1- INSTRUMENTOS DE COLETA DE DADOS

 

Os dados serão coletados por meio de questionários aplicados junto aos egressos dos cursos superiores. Os questionários serão concebidos de forma fechada, isto é, na forma de questões objetivas formuladas por meio de alternativas, os questionários de egressos serão concebidos de forma mista, com alternância de questões objetivas com alternativas e questões subjetivas com descrições ou opiniões dos respondentes.

 

4.2-APLICAÇÃO DOS INSTRUMENTOS DE COLETA DE DADOS

 

Os questionários serão integrados à web site da Instituição. O conjunto de resultados destes questionários serão sistematizados e representados por meio de tabelas e gráficos. As dificuldades para a localização e efetiva mobilização dos egressos para o preenchimento dos questionários não poderão comprometer a amostragem. Quando isto ocorrer será necessário à seleção de novos egressos para responder aos questionários.

 

4.2.1-Primeira Etapa:

Análise das Expectativas e Realidades dos Egressos

A análise das expectativas e realidades dos Egressos deverá ser realizada um(1) ano a um ano e meio (1e ½) após sua graduação, por meio de aplicação de questionários enviados por e-mail. Na hipótese do não retorno do questionário respondido por parte do Egresso, a faculdade entrará em contato por meio de  telefone. Quando estas iniciativas falharem e a amostragem cair para menos de 30% do universo do egresso formados entre um ano (1) e um ano e meio (1 e ½) serão selecionados novos egressos.

 

4.2.2-Segunda Etapa:

Constituição permanente do processo de avaliação.

Será disponibilizado no site da IES um processo permanente de incentivo a participação dos egressos na demanda de informações, ou seja, será disponibilizado on-line um formulário a ser preenchido por todo e qualquer egresso que visite o site da IES.

 

4.3-MECANISMOS

 

Para atingir a finalidade do Programa de Acompanhamento de Egressos, a faculdade possui as seguintes ações:

 

4.3.1-CADASTRO ATRAVÉS DE UM BANCO DE DADOS

 

Esse formulário é aplicado com o auxílio da Secretaria Acadêmica, que dispõe de telefone, endereço e e-mail para proceder à pesquisa, caso não seja realizado presencialmente. As respostas devem ser tabuladas e analisadas pela CPA – Comissão Própria de Avaliação para encaminhar às Coordenações de Curso e Direção da Faculdade. Nesse cadastro deve contemplar todas as informações dos ex-alunos, o curso realizado, a atuação no mercado de trabalho, as dificuldades encontradas na profissão, o perfil de profissional exigido pelas empresas, identificação de novos cursos de graduação, pós-graduação e aperfeiçoamento.

 

4.3.2-WEB SITE DA IES

Será disponibilizado no site da IES um questionário a ser aplicado a todo egresso visitante. Dessa forma, após a constituição de um corpus significativo, os dados serão tabulados e analisados pela CPA.

 

4.3.3-ENDEREÇO ELETRÔNICO

Os egressos possuem um canal de comunicação virtual com a Instituição, que pode e é realizado através da ouvidoria, para que possam sanar dúvidas, solicitar informações, fazer sugestões ou críticas. O feedback é dado por um profissional da IES. Outro canal de comunicação é através do e-mail institucional dos coordenadores de curso.

 

4.4- PROMOÇÃO DE EVENTOS

Uma diversidade de eventos será realizada pela faculdade, como palestras, seminários, congressos, fóruns, workshops, entre outros, e para atender à política de egressos, são divulgados em maior amplitude para os ex-alunos, através de seus e-mails cadastrados.

 

Assim como, ter como prática convidar ex-alunos com a finalidade de relatar suas experiências, vivências, apresentação dos melhores TCCs, com a finalidade de integrar alunos/ex-alunos/empresas/comunidade/Instituição.

 

  1. QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA

O Questionário do programa pode ser preenchido pelos estudantes egressos clicando aqui.